Especialidades Médicas

Especialidades Médicas

Para as mais de 80 mil crianças e adolescentes baianos, de 0 a 14 anos, atendidas por ano no Martagão, são oferecidas, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), 28 especialidades médicas pediátricas. Vale destaque para os serviços de alta complexidade. Das cirurgias oncológicas feitas pelo SUS em pacientes da faixa pediátrica em 2019, o Martagão Gesteira é responsável pelo maior quantitativo: 44,54%. Se forem analisadas as neurológicas, nas mesmas condições, o Hospital realizou a maior parte (31,68%). A liderança nos procedimentos de alta complexidade se repetiu, ainda, nas cirurgias cardíacas (34,28%), no tratamento em oncologia (49,18%) e na produção de diárias em UTI Pediátrica (20,85%).

Conheça um pouco mais de cada uma das especialidades:

Cardiologia e Cirurgia Cardíaca

O Serviço de Cardiologia Pediátrica do Hospital Martagão Gesteira presta assistência a pacientes clínicos e cirúrgicos, sendo este em maior volume, já que 85% das cardiopatias congênitas são cirúrgicas. Estas anormalidades acontecem ainda intraútero, durante a formação do coração da criança.

É importante salientar que uma em cada cem crianças nasce com alguma cardiopatia congênita, representando a maior incidência de malformações no período neonatal, e que, a depender da cardiopatia, a cirurgia pode ter que ser feita ainda no período neonatal, ou ao longo da infância, normalmente antes de um ano de vida. O diagnóstico precoce é fundamental para melhoria da assistência e da sobrevida destes bebês.

Nos últimos três anos, o Serviço de Cardiologia Pediátrica do Hospital Martagão Gesteira tem crescido tanto em número de cirurgias, sendo um dos principais serviços do estado, quanto na complexidade dos casos. É um serviço de alta complexidade, que oferece toda assistência aos pacientes cardiopatas, com consultas em diversos ambulatórios especializados semanalmente, além de internamento e realização de exames diagnósticos de alta complexidade (ecocardiograma, angiotomografia de tórax e cateterismo cardíaco).

No ano de 2020, a despeito da pandemia do novo corona vírus, foram operadas 193 crianças pelas três equipes cirúrgicas que atuam no hospital. Este número solidifica a relevância deste serviço para as crianças baianas, pois a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardíaca considera um serviço de grande porte aquele que opera mais de 120 cirurgias cardíacas pediátricas por ano.