11.03.24

Palivizumabe protege crianças contra bronquiolite aguda e pneumonia viral

Palivizumabe protege crianças contra bronquiolite aguda e pneumonia viral

Crianças com infecção respiratória grave causada pelo vírus Sincicial podem ser beneficiadas com o medicamento Palivizumabe. Até Julho, estará aberta no Martagão Gesteira a agenda da 7ª campanha do Palivizumabe. O medicamento é disponibilizado por meio do SUS, em parceria com o Governo do Estado. Para ter acesso gratuitamente à medicação, é necessário ter a solicitação do médico através de um formulário específico, junto com documentos de identificação da criança e responsável, cartão do SUS e termo de responsabilidade. A infectologista pediátrica Anne Galastri, do hospital Martagão Gesteira esclarece mais sobre o assunto.

O que é o vírus Sincicial?

O vírus Sincicial respiratório é um vírus extremamente comum, cuja transmissão se dá de modo fácil através  do contato de pessoas infectadas. Habitualmente causa infecções mais graves  em crianças menores de 2 anos, principalmente menores de 6 meses de idade.

Ele é a principal causa de bronquiolite aguda e pneumonia viral. Também pode acometer adultos e idosos, principalmente imunossuprimidos. O comum entre os adultos é infecção assintomática ou quadros leves de infecções respiratórias, como resfriado. A bronquiolite aguda tem diagnóstico clínico, ou seja, através da avaliação médica. Mas, para confirmar o microrganismo causador é através de testes respiratórios, semelhantes aos da Covid-19.

Como combater este vírus?

Não há tratamento para o vírus. A prevenção é feita com o Palivizumabe que é um anticorpo monoclonal. É a célula de defesa pronta para o paciente.

Como é a aplicação do Palivizumabe?

Ele deve ser aplicado entre os meses de fevereiro a junho , mensalmente aqui na Bahia. Tem indicação de uso paciente com cardiopatia congênita não corrigida e doença pulmonar crônica (como broncodisplasia) até 2 anos de idade e prematuros menores que 33 semanas até 1 ano de idade.

O Palivizumabe é uma vacina?

Não. Ele tem efeito protetor temporário quanto a casos graves, por isso não é uma vacina. Este medicamento tem eficácia comprovada de reduzir casos de bronquiolite que cursam com internações em UTI / uso de ventilação mecânica e óbito em pacientes prematuros e cardiopatas e pneumopatas.

O medicamento está disponível em quais locais, através do SUS?

Está disponível no SUS, em locais preestabelecidos para disponibilização. O hospital Martagão Gesteira está com esta medicação disponível e são necessários documentos do paciente, relatório médico e preenchimento específico pelo médico do paciente.

Fonte: De Olho na Saúde

Coração Coração

Tudo sobre a Palivizumabe - Drª Anne Galastri

Tudo sobre a Palivizumabe - Drª Anne Galastri