Nossa História

O Hospital Martagão Gesteira é uma instituição filantrópica que há 53 anos atende crianças e adolescentes de todo o Estado baiano. Único exclusivamente pediátrico de Salvador e região metropolitana, é referência no atendimento às mais diversas especialidades pediátricas, tendo à frente respeitados profissionais. Por ano, o Hospital Martagão Gesteira cuida de aproximadamente 80 mil crianças e realiza mais de 500 mil atendimentos gratuitos.

Idealizado pelo médico e professor Dr. Álvaro Pontes Bahia, o Martagão Gesteira nasceu com a proposta de reduzir os altos índices de mortalidade infantil, através da defesa da vida das crianças carentes.

Paciente Leandro dos Santos, 10 anos, em consulta (Foto: Sandra Rozados)

A história do Hospital Martagão Gesteira começou em 1946, quando foi lançada sua pedra fundamental. Em 31 de março 1950, foi iniciada a construção do tão sonhado Hospital das Crianças, fruto de um sonho do Dr. Álvaro, que batizou-o como Hospital Martagão Gesteira, em homenagem a seu grande amigo, um dos médicos mais importantes na história da pediatria do Brasil.

Em 1964, o Hospital Martagão Gesteira ficou pronto, ano em que Dr. Álvaro Bahia adoeceu, vindo a falecer meses depois. Somente em 17 de março de 1965, o Hospital Martagão Gesteira foi inaugurado, devidamente equipado e com a sua equipe médica formada. Por um consenso dos Diretores da instituição, a Liga Bahiana Contra a Mortalidade Infantil, entidade mantenedora do Hospital, passou a se chamar Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil.

Hospital Martagão Gesteira, no bairro do Tororó, em Salvador (Foto: Sandra Rozados)

Localizado no bairro do Tororó, o Hospital Martagão Gesteira conta hoje com uma estrutura de 220 leitos e cerca de 30 especialidades médicas. Aproximadamente, por ano, 500 mil atendimentos são realizados gratuitamente com referência para tratamentos de alta complexidade como neurocirurgia, cardiologia e oncologia.

Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil

A história da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil se inicia através do sonho de três grandes médicos pediatras e amigos: Dr. Joaquim Martagão Gesteira, Dr. Álvaro Pontes Bahia e Dr. Álvaro da França Rocha. Preocupados com o alarmante quadro de mortalidade infantil na Bahia dos anos 20, esses médicos resolveram fundar uma instituição que defendesse a vida das crianças. Assim nasceu, em 17 de junho de 1923, a Liga Bahiana Contra a Mortalidade Infantil.

Álvaro Bahia, Álvaro Franca Rocha, Juracy Magalhães e Martagão Gesteira

No dia 12 de outubro do mesmo ano foi inaugurado o 1º Consultório de Lactentes, e a partir daí a Liga não parou mais as suas atividades. Com o crescimento dos serviços, foi inaugurado, anos após, o Instituto Batista Machado e a Escola de Puericultura Raymundo Pereira de Magalhães (1937).

Com a Escola de Puericultura, a Liga não se limitou apenas ao ensino, mas também ao tratamento das patologias infantis e à assistência ao bem estar físico, psíquico e social de toda a família assistida. Além dos cuidados dos diversos serviços da Instituição, a família recebia medicamentos, alimentação e o leite coletado no Banco de Leite Materno da Escolade Puericultura, de distribuição gratuita. O resultado dessa luta em prol da crianças foi a redução drástica da mortalidade infantil, passando de 40% para 14%.

Percebendo a necessidade de maior e melhor estrutura, qualidade e quantidade em serviços e atendimentos, Dr. Álvaro Bahia idealizou a construção de um Hospital, produto de seu sonho inabalável – o Hospital Martagão Gesteira. Foram 18 anos de luta, que mobilizou a classe médica, a sociedade baiana e as autoridades de saúde, nos âmbitos municipal, estadual e federal. Dr. Álvaro Bahia planejou o hospital em seus mínimos detalhes, inclusive o da formação de recursos humanos. O grande idealista, glória da medicina baiana, faleceu em 8 de outubro de 1964, aos 72 anos, sem ver o seu hospital inaugurado.

Em 2015, a Liga Álvaro Bahia assumiu a gestão do Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, por meio de contrato com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). No ano seguinte, foi a vez da Liga começar a gerir o Centro de Referência Estadual para Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (Crea-Tea), em Salvador, por meio de convênio com a Sesab. Também em 2016, a Liga inaugurou o Hospital Dia Martagão Gesteira, uma unidade do Martagão no bairro de Roma, na Cidade Baixa, especializada em cirurgias pediátricas de pequeno porte

Memorial Álvaro Bahia

Reinaugurado em 29 de agosto de 2011, o Memorial Álvaro Bahia é uma homenagem a um dos mais destacados pediatras da Bahia, cuja luta em prol da criança culminou com a criação e realização do Hospital Martagão Gesteira. Localizado no piso 1 do Hospital Martagão Gesteira, no corredor cultural de acesso à Biblioteca e ao Auditório, o Memorial é aberto ao público. Nele, o visitante tem acesso a um importante acervo do nosso fundador, como objetos de uso pessoal, trabalhos publicados, diplomas, imagens, móveis que pertenceram ao seu consultório médico e homenagens recebidas em vida por Álvaro Bahia.

Deslize para ver algumas fotos do nosso arquivo

Conheça o Martagão

Missão

Contribuir com desenvolvimento humano através de ações de mobilização social, prevenção, assistência, reabilitação, ensino e pesquisa com atenção à saúde da mãe e da criança.

Visão

Ser uma organização de referência no Brasil com soluções sustentáveis em saúde da mãe e da criança até 2027.

Valores

Qualidade na prestação de serviço, ética, sustentabilidade social e ambiental, profissionalismo, gestão transparente e efetiva, valorização profissional, comprometimento dos colaboradores com a instituição e interação.