Sou Meu Porta-voz: Tecnologia Assistiva

Resumo: A Tecnologia Assistiva aplicado ao Hospital Martagão Gesteira tem como finalidade oferecer a população pediátrica, muitos em contexto de vulnerabilidade social que possuem dificuldades nos relacionamentos pessoais devido a sua condição intelectual. O uso da tecnologia é uma oportunidade de comunicação alternativa com seus familiares e pessoas de seu convívio, para que tenham uma vida integrada, com mais autonomia e independência, de forma a oportunizar total liberdade de expressão. Desse modo, cria-se também mais um meio de interação com a equipe hospitalar para o acompanhamento da evolução cognitiva de pacientes, podendo ser utilizado, também, nas fases agudas em unidade de terapia intensiva.
O objetivo do projeto é auxiliar as crianças com dificuldades cognitivas que estão em tratamento oferecendo recursos da linguagem aos usuários sem capacidade verbal para interação com a equipe hospitalar, familiares e pessoas do seu convívio, tendo possibilidade de fazer coisas que já fizeram antes, ou pensavam nunca ser possível.

Duração: 12 meses

Etapa atual: Execução

Valor total: 12.000,00 € (R$ 47.313,54)

Forma de Financiamento: Prêmio ao Valor Social 2017 – Deten Química via Fundacíon Cepsa

Principais atividades:
Aquisição de hardwares, softwares e aplicativos, e instalação dos equipamentos nas unidades.
Treinamento da equipe técnica para manipular a tecnologia.
Treinamento para os familiares para manipular a tecnologia.
Utilização da tecnologia na UTD, UTI, Onco e no CRE-TEA.
Treinamento de reciclagem.

Equipe envolvida: fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, pedagogos

Setor Responsável: Reabilitação

Coordenadora do projeto: Luciana Machado

undefinedundefined