Pesquisa de ortopedistas do Martagão Gesteira é destaque em periódico internacional

O Grupo de Pesquisa do Serviço de Ortopedia do Hospital Martagão Gesteira publicou mais um artigo na Rheumatology and Orthopedic Medicine (ROM), respeitada revista científica britânica. Com base em dados colhidos no atendimento de cerca de duas mil crianças por mês no ambulatório do hospital, o trabalho analisa a ocorrência de duas enfermidades: o geno valgo  (joelho em X) e o pé plano (conhecido popularmente como pé chato ou pé sem cava).
“Com esse trabalho, nós viemos mostrar que existe uma correlação entre as duas doenças. Isso ainda é pouco descrito na literatura médica”, explica o Dr. Fernando Garcia, coordenador do serviço de ortopedia do Martagão Gesteira. O artigo é assinado em parceria com o Dr. Lucas Cortizo Garcia, o residente Breno Leite Luz e os estudantes Magda Leão Pinheiro, Matheus Vasconcelos Goes Mendes (Faculdade de Tecnologias e Ciências – FTC) e Fernanda Cortizo Garcia (Uces – Buenos Aires).
No estudo, foram analisados os dados de 44 pacientes, entre 2 e 14 anos de idade. “O enorme número de atendimentos do Martagão nos permite ter uma amostragem significativa para levantar essa questão para que outros médicos possam criticar, comentar, contribuir e vir a somar à pesquisa”, destaca Dr. Fernando Garcia, que há 36 anos atua na instituição.
Em 2016, o grupo coordenado por ele publicou 46 trabalhos em congressos nacionais e internacionais. Do total, 17 foram aceitos pelo evento realizado pela Sociedade Internacional de Cirurgia Ortopédica e de Traumatologia, realizado em Roma (Itália).
Todos os artigos foram registrados cientificamente na Plataforma Brasil sob o acompanhamento da Comissão de Ética e Pesquisa do curso de Medicina da FTC e do Martagão Gesteira, através do Núcleo de Pesquisa Científica da unidade hospitalar em convênio com o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), por meio do Prof. Dr. Gildásio Daltro.
As marcações de consultas no Martagão Gesteira podem ser feitas pelo telefone: (71) 3041-3800.