Martagão realiza atividades para reforçar a Segurança do Paciente

No dia em que se celebra mundialmente a importância da “Segurança do Paciente”, o Hospital Martagão Gesteira realiza uma série de ações em seus setores com foco no tema. Colaboradores do setor de Qualidade e Segurança do Paciente percorreram os seis andares da instituição e o Hospital Dia, no Largo de Roma, para reforçar e alertar os colaboradores sobre a necessidade de garantir as seis metas estipuladas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Essa campanha é feita internacionalmente e ressalta a importância de que todo o nosso quadro de colaboradores reforce a atenção para essas seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente da OMS, além da segurança do paciente como um todo”, ressalta a diretora-geral, Érica Oliveira. A data 17 de setembro foi estabelecida como o Dia Mundial da Segurança do Paciente pela 72ª Assembleia Mundial da Saúde, em maio de 2019.

As seis metas são: identificar corretamente os pacientes; melhorar a segurança dos medicamentos de alta vigilância; reduzir o risco de infecções associadas a cuidados de saúde; melhorar a eficácia da comunicação, assegurar cirurgia segura e reduzir o risco de danos aos pacientes resultantes de quedas.

Na ação interna do Martagão, foi apresentado, para os colaboradores, um vídeo institucional com relação às práticas seguras para o paciente. “Nosso objetivo principal é que o paciente chegue na nossa instituição e não sofra nenhum tipo de incidente. Nossos colaboradores já têm consciência da necessidade de se observar essas instruções. Hoje, quando se celebra a data, estamos fazendo um reforço”, afirma a enfermeira da Qualidade e Segurança do Paciente do Martagão, Jaqueline Sanchez.

Durante o dia, foram feitas, ainda, ações com dinâmicas sobre “mitos e verdade” relacionados ao tema e um concurso com o slogan da campanha de 2019 da OMS: “Vamos lutar pela Segurança do Paciente”.

O Núcleo de Segurança do Paciente do Martagão é formado por uma equipe multiprofissional com fisioterapeuta, nutricionista, administrador, enfermeiro, médico e farmacêutico, entre outras especialidades. “Essas ações estão de acordo com o nosso planejamento estratégico e têm, como compromisso, garantir uma assistência segura e de qualidade ao paciente”, acrescenta Jaqueline.