Hospital Dia do Martagão completa quatro anos com cerca de 12 mil cirurgias realizadas. Saiba como marcar uma consulta

O Hospital Dia do Martagão, uma unidade da instituição filantrópica, completou quatro anos de funcionamento nesta terça-feira, 10, com um balanço de cerca de 12 mil cirurgias realizadas e vagas disponíveis para novas consultas.

A unidade é especializada em cirurgias pediátricas de pequeno e médio porte em crianças e adolescentes de 1 a 14 anos de toda a Bahia. Extensão do Martagão, o Hospital Dia foi inaugurado em 10 de novembro de 2016 e realiza procedimentos cirúrgicos, como hérnia umbilical, hérnia inguinal, orquidopexia, hidrocele e postectomia (fimose), entre outros. O paciente chega no turno matutino, acompanhado dos responsáveis, é submetido à cirurgia e tem alta no mesmo dia.

Coordenadora do Hospital Dia, Milena Alves ressalta que a relevância do Hospital Dia está na “capacidade de diminuir o tempo de espera entre atendimento, agendamento e realização de cirurgias de pequena e média complexidade”.

“A unidade vem ofertando à sociedade baiana acessibilidade, comodidade, qualidade e eficiência, possibilitando que o paciente realize o procedimento cirúrgico com alta hospitalar em até 12 horas após a realização da cirurgia, diminuindo, assim, a necessidade de internação prolongada. Além disso, o funcionamento do Hospital Dia possibilita que o Martagão Gesteira amplie o atendimento as cirurgias complexas e tratamentos pediátricos especializados”, afirma Milena.

Para marcar uma consulta com o cirurgião pediátrico, etapa necessária antes da cirurgia, é necessário entrar em contato com a Central de marcação telefônica: 71 3041-3800 (de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 16h).

A Marcação do Hospital dia é feita também pelo WhatsApp (71 9 8148-8040), nos mesmos dias e horários de atendimento da Central de Marcação. É necessário encaminhar os dados solicitados por mensagem. O retorno é feito em até 5 dias úteis, a depender da fila de atendimento.

Em todos os casos, é necessário apresentar: documento da criança (certidão de nascimento ou RG), cartão do SUS do paciente e comprovante de residência em nome do responsável legal.