Morre Dr. José Bahia, pioneiro da Cirurgia Pediátrica Brasileira e ex-diretor do Martagão

A Bahia perdeu um dos mais importantes cirurgiões pediatras de sua geração. Após complicações médicas decorrentes de um súbito processo infeccioso, José Raimundo Bahia Sapucaia faleceu, aos 85 anos, na noite deste domingo, 9, no Hospital São Rafael, em Salvador. A cerimônia prévia da cremação será nesta segunda-feira, 10, às 17 horas, na Auditório do Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

Médico cirurgião pediátrico com mais de 50 anos de carreira, formado pela Escola Bahiana de Medicina, Dr. Bahia, como era conhecido, foi um dos mais renomados cirurgiões do Estado. Ao longo da carreira, foi presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Pediátrica e diretor do Hospital Martagão Gesteira, em Salvador, onde iniciou sua trajetória. Atualmente, Dr. Bahia era conselheiro da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, instituição mantenedora do Martagão, e presidente da Academia Nacional de Cirurgia Pediátrica (Ancipe). Apaixonado pela medicina, ele ainda realizava consultas em algumas clínicas e unidades de saúde em Santo Amaro, no recôncavo baiano.

Na década de 1990, ele assumiu a liderança e traçou o plano de reabertura do Hospital Martagão Gesteira que, naquela época, interrompeu o funcionamento por conta de uma grave crise financeira. Intimamente ligado à causa da saúde das crianças, ainda jovem, Dr. Bahia acompanhou de perto a luta de dois ícones da filantropia baiana: seu tio Álvaro Pontes Bahia, fundador do Martagão Gesteira e sua prima Maria Rita, mais conhecida como a Irmã Dulce.

“Ele foi um grande nome da cirurgia pediátrica, tendo formado inúmeros e verdadeiros discípulos e admiradores. Além de ter sido um mestre em fazer amigos, sempre solidário e de bom coração, acolhendo a todos que o procuravam, com alegria, competência e dedicação. Sem dúvida é uma grande perda para todos nós”, lamenta Rosina Bahia, prima de Dr. Bahia e presidente de honra do Martagão Gesteira.
Ainda era conhecido pela brilhante voz, fez da música um instrumento de alegria e amor, reunindo amigos e colegas em torno da arte.
José Raimundo Bahia Sapucaia deixa quatro filhos: Américo Neto, Pedro Américo, José Bahia Filho e Mariana.